"O Mestre na arte da vida faz pouca distinção entre o seu trabalho e o seu lazer, entre a sua mente e o seu corpo, entre a sua educação e a sua recreação, entre o seu amor e a sua religião. Ele dificilmente sabe distinguir um corpo do outro. Ele simplesmente persegue sua visão de excelência em tudo que faz, deixando para os outros a decisão de saber se está trabalhando ou se divertindo. Ele acha que está sempre fazendo as duas coisas simultaneamente". (Texto budista)

sexta-feira, 8 de julho de 2011

O que temos em comum com as estrelas?


'Somos um meio de o cosmos conhecer a si mesmo.' (Carl Sagan)


Pessoal, hoje trago um assunto pertinente à área que atuo como profissional da educação: a geografia!

Vocês já ouviram falar sobre o bing bang? (Não sei por que, faço essa pergunta se, tenho consciência de que, a grande maioria aqui, conhece...) rsrsrsrs
O astrofísico Carl Sagan disse que somos feito de poeira das estrelas. O que exatamente ele quis dizer com isso?

É justamente aí que entra a história da ‘tal’ explosão Bing Bang...
Bing Bang foi a grande explosão que deu origem ao Universo! (rsrsrsrs, esta bem, eu sei que a maioria aqui sabe disso).

Bem essa é uma teoria que explica como o universo nasceu e como se desenvolveu até os dias de hoje. Ela prevê que o Universo tenha aproximadamente 15 bilhões de anos e que tenha nascido com poucos elementos. Quinze minutos após a explosão, se formaram principalmente dois tipos de átomos, hidrogênio e hélio.
Só, aproximadamente 1 bilhão de anos depois, quando surgiram as estrelas, novos átomos se formaram no seu núcleo. É, todos os outros elementos naturais que se aprende nas aulas de química se formaram de fusões nucleares no centro das estrelas. Depois de um tempo essas estrelas começaram a morrer (explodir) e espalhar os átomos que se formaram no seu núcleo pelo Universo, alguns desses átomos ficaram presos no campo gravitacional de outras estrelas e formaram os primeiros planetas com tudo o que existe sobre eles.
Isso mesmo, a grande maioria de átomos que forma o nosso corpo esteve um dia no núcleo de uma estrela, somos pedaços de estrelas (bacana né?). – É por isso que nunca canso de repetir que, somos ‘Estrelas Reluzentes, no palco do Teatro da Vida’. 


Mas o que mais impressiona é idade da matéria que forma o nosso corpo, somos formados por prótons, nêutrons e elétrons que possuem aproximadamente 15 bilhões de anos (poxa vida... como vocês são ‘velhinhos’, hein? rsrsrsrsrs).
Para encerrar, lanço um questionamento: Não é estranho envelhecermos sendo formados por átomos que não envelhecem?

Beijos queridos... Linda vida sempre, minhas estrelas radiantes... (é aí que sempre me refiro)

Profª Jeana Andréa

O homem é um pedaço do universo cheio de vida.' (Ralph Waldo Emerson)